top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

BIOS. VIDAS QUE MARCARAM A SUA: COMO NASCEU O SUCESSO DOS PARALAMAS?

Conheça a história da banda homenageada no novo episódio da produção da National Geographic, que chega amanhã (16) com exclusividade no Star+

BIOS. VIDAS QUE MARCARAM A SUA: COMO NASCEU O SUCESSO DOS PARALAMAS?

Produzida pela National Geographic, a produção documental “Bios. Vidas Que Marcaram a Sua” conta com um novo episódio dedicado à banda Os Paralamas do Sucesso, e estreia amanhã, 16 de junho, exclusivamente no Star+.

Neste episódio, a jornalista Roberta Martinelli analisa a vida e a obra da icônica banda de rock brasileira. Com imagens de arquivo inéditas, conversas com Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone, acesso exclusivo aos ensaios atuais da banda e um encontro íntimo no local de nascimento de Bi, “Bios. Vidas que marcaram a sua: Os Paralamas do Sucesso” traça momentos-chave e, a partir do acidente de Herbert, centra-se na força curativa da música. Além disso, anedotas até então desconhecidas são reveladas, por meio de entrevistas com Gilberto Gil, Fito Páez, Carlinhos Brown, Zé Fortes, Dado Villa-Lobos, Dinho Ouro Preto e Roberto Frejat, entre outros músicos e jornalistas.

Com canções que atravessam gerações, a banda e seus integrantes possuem uma história que inspira não só os amantes da música, mas todos aqueles que buscam com afinco realizar seus sonhos. Por esse motivo, o Star+ te conta um pouco da trajetória do grupo.


Confira:

BIOS. VIDAS QUE MARCARAM A SUA: COMO NASCEU O SUCESSO DOS PARALAMAS?

Início do sonho


Os Paralamas do Sucesso é uma banda de rock formada oficialmente em 1982 na cidade de Seropédica, no estado do Rio de Janeiro, por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone - trio que permanece junto até os dias de hoje.

Inicialmente, a banda foi batizada de “As Cadeirinhas da Vovó” no ano de em 1981, quando os amigos de infância Herbert Viana e Bi Ribeiro se juntaram com o baterista Vital Dias na cada da vó de Bi para tocarem juntos músicas de rock de cunho humorístico. Foi apenas um ano depois que, após Vital deixar a banda, João Barone se junta à dupla de amigos e formam oficialmente o grupo que conhecemos hoje. Em 1983, em homenagem ao amigo que deixou a banda, Os Paralamas do Sucesso lançaram o hit “Vital e sua Moto”.

Em 1984, os caminhos do sucesso começam a se abrir para o trio que chamou a atenção da mídia e da indústria após abrir um show de Lulu Santos no Rio de Janeiro. No mesmo ano, a banda lança seu primeiro álbum de estúdio chamado “Cinema Mudo”. Um ano depois Os Paralamas do Sucesso subiriam ao palco do Rock in Rio, dividindo o line-up do festival com nomes como Ozzy Osbourne, Rod Stewart, Queen, Iron Maiden e muitos outros.


“Longo Caminho”

Anos após a estabilização da banda no cenário musical brasileiro com cinco discos já lançados, o vocalista da banda Herbert Vianna sofreu um acidente aéreo na cidade de Mangaratiba, no estado do Rio de Janeiro, o que acabou deixando-o paraplégico. A então mulher do cantor, Lucy, acabou falecendo no local.

Após a recuperação do músico, a banda voltou à ativa e em 2002 lançou o álbum “Longo Caminho”, marcado pela emoção do retorno de Herbet aos palcos. Em 2003, com o mesmo ar de superação, a banda lança o CD e DVD “Uns Dias ao Vivo”, que contou com a participação de grandes nomes da música nacional, incluindo Dado Villa-Lobos, Andreas Kisser, Edgard Scandurra, Djavan, Nando Reis, Paulo Miklos, George Israel e Frejat.

40 anos de Paralamas do Sucesso

Passando por décadas de desafios, superação e união, em 2022 o trio completou 40 anos de estrada, se consolidando como uma das maiores bandas nacionais de todos os tempos e levando na bagagem treze álbuns lançados, o amor dos fãs e um punhado de prêmios. A banda celebrou as quatro décadas com shows em todo o Brasil, incluindo o festival Lollapalooza este ano.

Discografia e premiações

Ao todo, a banda lançou treze diferentes álbuns, sendo eles “Cinema Mudo” (1983), “O Passo do Lui” (1984), “Selvagem?” (1986), “Bora-Bora” (1988), “Big Bang” (1989), “Os Grãos” (1991), “Severino” (1994), “Nove Luas” (1996), “Hey Na Na” (1998), “Longo Caminho” (2002), “Hoje” (2005), “Brasil Afora” (2009) e “Sinais do Sim” (2017). Além disso, o trio lançou também, ao longo dos anos, oito álbuns ao vivo, sete coletâneas e dois álbuns em espanhol.

Tanto trabalho trouxe recompensas, sendo Herbert, Bi e João premiados com quatro Grammy Latino®, além do Prêmio Honorário da Academia em 2007. A prateleira da banda também inclui premiações no Prêmio Multishow de Música Brasileira, Video Music Brasil, Troféu Imprensa e Prêmio da Música Brasileira.


Sobre Star +

Star+ é um serviço de streaming de entretenimento geral e esportes lançado em 2021 na América Latina, sendo complementar, mas independente, do serviço Disney+ nesta região. O serviço oferece estreia exclusiva de filmes de entretenimento em geral e séries de televisão dos estúdios de conteúdo da The Walt Disney Company, incluindo Disney Television Studios, FX, 20th Century Studios, Star Original Productions, National Geographic Original Productions e muito mais, bem como a transmissão de esporte ao vivo da ESPN, a marca mais respeitada e reconhecida para os fãs de esportes da região. De dramas a comédias (incluindo todas as temporadas de Os Simpsons) a thrillers adultos, Star+ também apresenta programação original exclusiva da marca de entretenimento geral Star, juntamente com uma coleção de produções regionais originais da América Latina.


fonte: Bcbiz

6 visualizações0 comentário
bottom of page