top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Filme sobre desafios de jovens bolsistas em escola particular do Rio ganha trailer

“Eu Sou Maria” chega aos cinemas em 30 de novembro, com direção de Clara Linhart e distribuição da Elo Studios.

Filme sobre desafios de jovens bolsistas em escola particular do Rio ganha trailer

Com estreia no cinema prevista para 30 de novembro, “Eu Sou Maria” tem seu trailer divulgado. O longa é inspirado nos resultados da plataforma “Almanaque da Rede”, criada pela produtora e roteirista, Sonia Rodrigues, para ensinar redação no ensino médio público do Rio de Janeiro.

 

“Eu Sou Maria” é dirigido por Clara Linhart, produzido pela Capurie e Autoria, com coprodução do Telecine e apoio da Globo Filmes, e distribuído pela Elo Studios. No elenco, além de Nubia Maurício, que interpreta Maria, estão nomes como Cleo Pires, Clara Moneke, Daniel Dantas, Izabela Machado, João Victor, Drico Alves, Milena Melo, Duda Del Luca, Rafaela Alvittos, Ruan Aguiar, Léo Scasciotti, Pedro Henrique Ferreira, Maju Alves entre outros.


Confira o trailer:

A história de "Eu Sou Maria" gira em torno de Maria, uma adolescente de 15 anos que reside em uma favela com sua mãe, Célia, e seu irmão Anderson. Embora o destino para uma jovem mulher da favela seja frequentemente traçado de maneira tradicional, Maria nutre um sonho: estudar em um colégio de elite. Determinada a perseguir essa meta, Maria se lança em uma competição de redação em uma renomada escola particular da Zona Sul.

 

Sinopse

Maria tem 15 anos, mora com a mãe, Célia, e o irmão Anderson numa favela de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Ela quer mais do que o destino tido como tradicional para uma jovem mulher da favela. Maria deseja estudar em um colégio “forte”. Ela participa de um concurso de redação em uma renomada escola particular da Zona Sul. Seu texto impressiona a banca de avaliação e ela é aprovada. Além de Maria, dois adolescentes também ganham bolsas: Zilton, 16, seu vizinho e amigo e Aline, 15, garota estudiosa, mas influenciável. Embora tenham passado no concurso, os três têm um grande desafio pela frente: manter suas notas altas, provar que merecem estar ali e se adaptar a um mundo de privilégio que nunca pertenceu a eles.

 

Sobre Capuri:

Uma produtora premiada, independente e moderna que desenvolve e produz projetos, séries e longa-metragens para TV e cinema, a exemplo do documentário "Jambalaia" que vencedor do Prêmio de Melhor Filme do Júri no Festival Visões Periféricas, "Amo-te imenso" o longa-metragem ficção coprodução com a Paramount (em finalização) e o longa-metragem ficção "Eusoumaria", coprodução com Globo Filmes e Telecine (em produção) . Recentemente, o curta-metragem "Tereza Josefá de Jesus" foi exibido nos festivais de Tiradentes, Festival do Rio e Olhar de cinema. A preocupação com a execução e a qualidade artística do produto final, fizeram da Capuri um nome de confiança no mercado publicitário de grandes marcas, como: Nike, Airbnb, Google, C&A, Puma, Stella Artois, Ford, Johnnie Walker, Budweiser, Natura, Brahma, Kia e Skol Beats.

 

Sobre Globo Filmes:

Construir parcerias que viabilizam e impulsionam o audiovisual nacional para entreter, encantar e inspirar com grandes histórias brasileiras – do cinema à casa de cada um de nós. É assim que a Globo Filmes atua desde 1998. Com mais de 500 filmes no portfólio, como produtora e coprodutora, o foco é na qualidade artística e na diversidade de conteúdo, levando ao público o que há de melhor no nosso cinema: comédias, romances, infantis, dramas, aventuras e documentários. A filmografia vai de recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ – ambos com mais de 11 milhões de espectadores – a sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, passando por longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar – e 'Bacurau', que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Títulos mais recentes como ‘Marighella’, ‘Turma da Mônica: Lições’ e ‘Medida Provisória’ fizeram o público voltar às salas pós-pandemia para prestigiar um cinema que fala a nossa língua.

 

Sobre Telecine:

Com 30 anos de programação dedicada ao cinema, o Telecine possui o maior catálogo de filmes do país, construído a partir de curadoria altamente especializada. O acervo contempla a pluralidade da indústria e reúne clássicos de grandes estúdios, do mercado independente e nacional; além de franquias de sucesso e lançamentos exclusivos. Ao longo dos anos, o Telecine ampliou a sua capilaridade de distribuição, permitindo que o assinante consuma em um só local o catálogo completo de filmes e acompanhe, em simulcasting, os seis canais lineares: Premium, Touch, Action, Pipoca, Cult e Fun. É assim que a marca especialista em cinema promove experiências para o público ter o ‘Seu Momento Cinema’ como, quando e onde quiser.

 

Sobre Elo Studios:

A Elo Studios é um estúdio audiovisual que desenvolve, produz, e comercializa narrativas brasileiras em múltiplas plataformas e países. Especializada em inovação e entretenimento de impacto, desde 2005 distribuiu mais de 500 títulos incluindo filmes de mais de 1 milhão de espectadores no Brasil à premiados internacionalmente (indicação ao Oscar como O Menino e o Mundo) e distribuídos em mais de 100 países. Focada em conectar ideias, criadores e talentos, a Elo Studios possui um forte line up de produções originais, além de desenvolver e produzir o conteúdo certo para cada mídia. Como resultado de significativo investimento e parcerias, a Elo Studios está trabalhando em 20 produções próprias para os próximos três anos, sendo nove delas já confirmadas com parceiros. A Elo Studios lançou em 2022 o filme “Medida Provisória”, de Lázaro Ramos, sendo o maior sucesso nacional do ano, em número de semanas em cartaz, e segundo em público. A empresa também é responsável pela incubadora de projetos com diretoras - SELO ELAS - e outras iniciativas que valorizam a diversidade de estórias na frente e atrás das telas. Em 2024 irá distribuir mais de 10 lançamentos nos cinemas, incluindo “Saideira”, (comédia estrelada por Thati Lopes e produzida pela Glaz), “De Repente Miss” (co-distribuição Elo Studios e Sony Pictures, com Fabiana Karla e Giulia Benite no elenco), “Madame Durocher” (com Mateus Solano, e as premiadas Marie-Josée Croze e Sandra Corveloni), e “Viva a Vida” (dirigido por Cris D'amato, e estrelado por Thati Lopes e Rodrigo Simas). Fundada há 17 anos por Sabrina N Wagon, Ruben Feffer e Flávia Feffer, a Elo Studios pretende inovar a cada ano, e levar diversas produções nacionais a um número cada vez maior de pessoas, tanto no Brasil, como no mundo

 

fonte: FT Estratégias

11 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page