top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Usina prepara novo álbum, 'Veredito'


Após dois EPs e mantendo o objetivo de produzir músicas pesadas e agressivas com letras em português, a banda santista Usina, formada por Rafael Bloodgrinder (vocal), Tadeu Neto (guitarra), Luiz Meles (baixo) e Fábio Minhoca (bateria), prepara o seu primeiro álbum full, intitulado "Veredito". Com previsão de lançamento para o mês de maio, o material foi financiado pelo fundo de Fomento à Cultura da Secretaria de Cultura de Santos/SP. Os quesitos ineditismo e relevância, além da distribuição gratuita do CD em centros culturais, redes de ensino, entre outros lugares, com a justificativa de levar a linguagem e estética musical do estilo para locais não habituados a esse tipo de música foram alguns dos diferenciais para a aprovação do projeto.


O repertório contará com nove faixas, com destaques para "Vermes", que aborda a opressão e repressão policial; "Demônios", que fala sobre o vício em cocaína; e "PLC (Político Ladrão Cuzão)", que estão programadas para singles e vídeos. Já o título "Veredito" surgiu da ideia de que cada pessoa tem o livre arbítrio para fazer suas próprias escolhas. "E, de acordo com as escolhas, as pessoas têm a sua própria sentença. Usamos essa ideia como um pano de fundo para as letras, que abrangem temas como a luta contra as injustiças sociais, a busca por autoconhecimento e autonomia e a necessidade de se unir contra as forças opressoras da população", explica Fábio Minhoca.


Com bastante repercussão na cena local do litoral, o grupo já se apresentou ao lado de grandes nomes do metal e hardcore na baixada santista. Além disso, o tradicional jornal local A Tribuna elegeu a Usina como uma das "100 Maiores Bandas do Rock Santista" de todos os tempos. "Nosso som continua pesado e agressivo, mas 'Veredito', que será nosso primeiro álbum 'full' após dois EPs, também mostra a maturidade e o entrosamento da formação atual", revela Rafael Bloodgrinder. "Sempre curti a banda, além da relação de amizade que temos, e poder fazer parte disso com esses caras pra mim será uma realização pessoal, ainda mais com o lançamento do álbum, que está matador e as expectativas são as melhores possíveis. Podem esperar um álbum bruto, com muito peso e letras que refletem bem o atual momento de nossa sociedade", conclui Luiz Meles sobre o seu primeiro lançamento após ser efetivado como baixista do Usina.


Enquanto não sai o novo trabalho, confira o clipe de "Cadeia", faixa do EP "Destruição e Morte" (2016):

Repertório – "Veredito":

Crimes de Guerra

Vermes

Fé Capitalista

Inferno e Caos

Pura Maldade

Demônios

PLC (Político Ladrão Cuzão)

Usineiro Louco

Veredito


Fonte: ASE Music

5 visualizações1 comentário

1 opmerking

Beoordeeld met 0 uit 5 sterren.
Nog geen beoordelingen

Voeg een beoordeling toe
Gast
27 apr. 2023
Beoordeeld met 5 uit 5 sterren.

Yeah

Like
bottom of page