top of page
  • Foto do escritorJu Puccia

Resenha de Livro: Poker com o Diabo, de Ítalo Guimarães


A partir dos encontros de RPG que frequento, fiz amizade com várias pessoas, e foi assim que conheci o Ítalo Guimarães, até então, ele não havia lançado seu livro ainda.


Posteriormente, o Ítalo veio me contar sobre sua primeira obra, Poker Com o Diabo. Ele me presenteou um exemplar para que pudesse lê-lo e trazer aqui para vocês conhecerem! Confiram!



Sinopse:


"O Diabo estava entediado em seu mundo, então, decidiu fazer um jogo memorável: Uma partida de Poker! Selecionou a dedo seus adversários entre os residentes do inferno para que o jogo fosse perfeito. O prêmio? A liberdade do sofrimento eterno! Mas quem conseguirá vencer o Senhor do Abismo? Sem trapaças...apenas e sorte.

Nesta história de suspense e horror pessoal, descubra como a alma humana pode esconder segredos mais obscuros do que pode-se imaginar.

Na mesa do Diabo, as cartas dão as regras!"


Resenha:


Para afugentar o tédio do inferno, o Diabo decide se divertir com uma partida de poker. Para isso, ele escolhe os jogadores, um a um, pelo mérito de coisas ruins que fizeram em vida (mesmo que eles próprios não saibam quais foram), são eles:


Giuseppe Andollini, agiota;

Lilian Brokeheart, modelo;

Joseph Shatner, pastor;

Verônica Slain, parteira;

Jack Osbourne, policial;

Uma criança com antiga máscara médica do século XVII.


A criança é a "surpresa" que o Diabo preparou para a noite. Além deles, há também dois diabretes, Niev e Liorn, servos do diabo e carteadores desse jogo; e o "Homem de Branco", um barman.


Cada capítulo conta a história de cada um dos jogadores, e mostra o por quê de merecerem estar no inferno.

O livro é uma releitura moderna de O Auto da Barca do Inferno, porém, com uma leitura fluida, de forma simples, que mantém o ritmo até o final.


A reviravolta nas últimas páginas é surpreendente (confesso que fiquei um tanto quanto emocionada). Só achei que, o Diabo podia ter pego mais leva com Niev, mas, como reclamar? Ele é o diabo!


Apesar de ser um livro curto, é possível prender-se à cada personagem em pouco tempo, até mesmo com o próprio Diabo, odiando-o ou não (vai saber, né?!).


Resenha por: Juliana Puccia



9 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page