top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Primatron lança "A Marcha dos Cianóticos", single é um furioso e melódico mergulho no thrash metal


Primatron lança "A Marcha dos Cianóticos", single é um furioso e melódico mergulho no thrash metal

O projeto Primatron acaba de lançar um novo single para apresentar seu próximo EP. Intitulada "A Marcha dos Cianóticos" a música é um furioso e melódico mergulho no mundo do thrash metal com influências punk. Ela aborda a resposta catastrófica do governo brasileiro à pandemia de Covid-19, um tema que toca profundamente a todos nós.


A criação desta música foi notavelmente rápida e fluida, marcando uma nova postura vocal mais aguda. O resultado final oferece velocidade, riffs agressivos e uma melodia melancólica que reflete o impacto do tema da letra.


Este lançamento sinaliza novos horizontes para o projeto Primatron, enquanto mantém a intensidade que os fãs já conhecem. O single foi lançado em parceria com a Electric Funeral Records e está disponível em todas as principais plataformas de streaming.




Sobre o Primatron

O projeto Primatron se iniciou com alguns riffs que Diogo W F Pereira – responsável e único integrante do projeto – já havia composto há tempos atrás, alguns dos quais já haviam até sido apresentados a outros projetos do qual participou, como Machina Animata e Shadow Maze. Durante a pandemia, Diogo teve tempo de trabalhar em mais riffs, compor músicas e começar a elaborar letras. Após diversos lançamentos em 2022, entre os quais um EP e três singles, 2023 já testemunhou o lançamento de “One More Usurper”, single com sonoridade encorpada e próxima ao Doom Metal que teve ótima recepção do público e continuou a construir uma reputação de lançamentos de qualidade para o projeto. Todas as faixas gravadas até aqui contam com a produção e gravação de Aly Fioren, guitarrista do Urvolk, do Carttada, do Sad Theory e dono do Funds House Studio. O nome Primatron surgiu enquanto Diogo lia notícias sobre tecnologia em um jornal. A interdependência entre homem e máquina, que ficou cada vez mais clara à medida que ele gravava o EP, trouxe essa ideia de pensar um nome que refletisse uma certa angústia com esse processo de nos tornarmos cada vez menos autônomos em relação à tecnologia.



fonte: Collapse Agency

4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page