top of page
  • Foto do escritorBeca Tonello

Mayara Puertas e Paula Carregosa estreiam versão metal do hit "Barbie Girl"

Entrando no clima de um dos filmes mais aguardados, a vocalista Mayara Puertas e a guitarrista Paula Carregosa entregam o hit "Barbie Girl Death Metal" . Lançada nesta quarta-feira (19), a música está disponível em todas as plataformas digitais e ganha um videoclipe incrível hoje (20), cheio de animação, feminilidade e muito rosa.

Mayara Puertas e Paula Carregosa estreiam versão metal do hit "Barbie Girl"

A música é uma sátira bem pensada do clássico "Barbie Girl", lançado em 1997 pela banda Aqua . A versão traz o mundo rosa mesclado com o mundo do heavy metal com letras criadas por Mayara Puertas . As meninas costumam ser chamadas de "barbies de metal" - Simone Simons chegou a mencionar isso em entrevistas -, então Mayara Puertas usou esse gancho na letra para dizer que independente da aparência, meninas gostam de metal e isso faz parte do dia a dia de cada uma. "Também usei uma brincadeira na letra 'Enquanto você reclama de mim, eu toco mais rápido que o Herman Lee', o guitarrista do Dragonforce que toca super rápido, e uma das marcas registradas da Paula são os arpejos rápidos... certo", diz Mayara.


Sobre a amizade e parceria com a guitarrista Paula Carregosa , Mayara comenta:


“Paula e eu somos amigas há muitos anos, em 2011 tínhamos uma banda de death metal técnico, e quando nos reencontramos em 2022 decidimos retomar nossos trabalhos juntos. A ideia era começar a fazer versões e covers de músicas, quando a Paula trouxe a ideia de fazer uma versão da Barbie achei ótimo, pois teríamos a oportunidade de recriar arranjos e letras para identificar com o que a gente gosta”.


Liderando os vocais da banda Torture Squad por quase uma década, Mayara Puertas é um show à parte. Sua presença de palco e técnica vocal mostram que sua presença na banda não só garantiu a continuidade de um trabalho de alto nível, sendo indicada como terceira Melhor Vocalista Brutal de 2022 (Femm Metal Awards) e entre as 10 melhores cantoras brasileiras de metal de todos os tempos (RockBizz). Com sua banda Torture Squad, Mayara já se apresentou no Rock in Rio, excursionou pela Europa e América Latina, acumulando mais de 400 mil plays no Spotify no último ano, com ouvintes de 114 países. Em 2023 realizou uma série de palestras no circuito SESC, Summer Breeze Festival e Trends Brasil Conference, trazendo a voz como ferramenta de ativismo e empoderamento.

Sobre Mayara Puertas

Nascida em 1993, em Santo André no ABC Paulista, Mayara canta desde pequena, tendo sua iniciação musical com canto popular e piano influenciada por sua família, que sempre foi muito ligada às artes musicais. Quando criança, ela se interessou por tocar piano, violão e violão. Antes de se dedicar à música, Mayara estudou Administração de Empresas e Design Gráfico, além de ter auxiliado bandas publicando e produzindo conteúdo em sites de Rock e Heavy Metal como Whiplash.Net por anos. Sua carreira como vocalista de metal começou em meados de 2011 e em 2012 foi convidada para assumir como vocalista da banda de Death Metal Necromesis, onde gravou o EP “Echoes of a Memory” (2014) e o Álbum Completo “The Poet's Paradox” (2015) lançado pela Shinigami Records, participando assiduamente nas composições contribuindo com riffs, além de arranjos de teclado e guitarra para as músicas. Ela deixou a banda em 2015, sendo seu último disco um tributo a Bathory, no qual gravou uma versão de Man of Iron com vocais limpos, guturais e lacrimejantes. No mesmo ano, foi chamada para fazer parte do Torture Squad como vocalista oficial, lançando o EP “Return of Evil” (2016) e o álbum “Far Beyond Existence” (2017), as turnês de divulgação se estenderam pela América Latina e Europa. Desde 2019 Mayara também faz parte do projeto de Rock Experimental “Fanttasma” do produtor Lopes Casanegra (Ex-Torture Squad) e colabora com a guitarrista Paula Carregosa em um novo projeto. Mayara também é produtora musical de novos cantores e, por meio de suas redes sociais, compartilha informações sobre tecnologia e ferramentas para cantores e compositores. Em 2023 realizou uma série de palestras no circuito SESC, Summer Breeze Festival e Trends Brasil Conference, trazendo a voz como ferramenta de ativismo e empoderamento em suas pautas.


Sobre Paula Carregosa

Guitarrista canhoto, influenciador e produtor musical. Foi considerada a 8ª melhor guitarrista do BR pela revista Roadie Crew, sendo a única mulher no top 10. Formada em Comunicação Social, Bacharel em Relações Públicas e Tecnóloga em Marketing pela UNISA (2011) Sua carreira musical começou em 2004, tocando em casas de shows renomadas de São Paulo Capital, como Hangar110, Black Jack, Manifesto bar, etc. Em 2012 iniciou sua carreira profissional com o projeto musical ''Musas do Metal'' no programa ''Rocka Rolla'' da MTV, ex-banda Hermes & Renato/Massacration. Bruno Suter. A banda tocou em importantes eventos pelo Brasil, como comiccon, animefriends, VMB, museu de arte moderna de São Paulo. Além de participar de programas de TV, como Danilo Gentili e especiais da MTV. (2017) Paula é a única brasileira patrocinada pelas marcas Kemper Amps e Kiesel Guitars, as mais respeitadas e renomadas marcas do cenário musical internacional.


Mayara Puertas e Paula Carregosa estreiam versão metal do hit "Barbie Girl"

Gênero: Death metal

Produção: Paula Carregosa

Gravação: Paula Carregosa

Masterização e Mixagem: Flávio Reis @flavioreisprodutor

Alinhar:

Mayara “Undead” Puertas – Vocais

Paula Carregosa – Guitarras

Arte da capa: X Tudo Obze

Fotografia: X Tudo Obze




Paula Carregosa Online:


Maio Puertas Online:



Letra da música:

Eu sou uma Barbie Girl em um mundo sangrento

Batom preto, é fantástico

Eu só uso meu cabelo, para headbang em todos os lugares

Ouvindo a imolação e além da criação


(Vamos, Barbie, vamos festejar!)


Eu sou uma Barbie Girl em um mundo sangrento

Batom preto é fantástico!

Eu só uso meu cabelo, para headbang em todos os lugares

Ouvindo a imolação e além da criação


Eu sou uma garota brutal em um mundo metaleiro

Na minha cara não é maquiagem, é minha pintura de cadáver

Posso parecer uma boneca, mas sou puro Rock N Roll

Eu amo Kiss, Judas Priest e Doro é minha rainha


Por que você reclama de mim

Eu toco mais rápido que o Herman Lee


Eu sou uma Barbie Girl em um mundo sangrento

Batom preto é fantástico!

Eu só uso meu cabelo, para headbang em todos os lugares

Ouvindo a imolação e além da criação


Vamos, Barbie, vamos festejar!

Vamos, Barbie, vamos festejar!

Vamos, Barbie, vamos festejar!



fonte: Reverbera Music Media

10 visualizações0 comentário

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page