top of page
  • Foto do escritorBeca Tonello

Final eletrizante da Brava Cup termina com vitória da W7M Esports sobre a Black Dragons por 3x0

Primeira edição do campeonato ofereceu uma oportunidade única para as equipes competirem em um formato de mata-mata.

Final eletrizante da Brava Cup termina com vitória da W7M Esports sobre a Black Dragons por 3x0

A final da primeira edição da Brava Cup aconteceu no domingo (27 de agosto), em São Paulo, e foi marcada por muita emoção e grandes jogadas. A partida coroou a equipe da W7M Esports como grande campeã após uma vitória impressionante por 3x0 sobre a Black Dragons. A competição reuniu as oito melhores equipes do Circuito Feminino do jogo em um formato de mata-mata, proporcionando aos fãs de esports uma dose intensa de ação e habilidade. A final foi disputada em uma MD5 (Melhor de 5), mas foram precisos apenas três mapas para ser resolvida. No primeiro, escolha das campeãs, a Black Dragons começou com uma rápida vantagem de 4x0 que parecia ser definitiva, mas a W7M demonstrou resiliência e tranquilidade, recuperando terreno e vencendo sete rounds consecutivos, encerrando o mapa em 7x4. Já no segundo mapa, pick do time da BD, as campeãs dominaram do começo ao fim, finalizando a parcial novamente em 7x4. No terceiro e, nesse caso, último mapa, a W7M confirmou a solidez e concentração que demonstraram durante o jogo todo e, apesar de um começo mais equilibrado, logo assumiram o controle da partida e fecharam com uma vitória convincente de 7x3.

Grande partida de Fernanda “NANDRAKA” e uma rivalidade que só aumenta Uma das narrativas mais notáveis desta partida foi a atuação de "NANDRAKA", a jogadora mais jovem da W7M Esports. Em seu primeiro torneio presencial foi coroada como a MVP (Jogadora Mais Valiosa) da final. Sobre esse feito, a jogadora comentou "É um sonho realizado jogar com as minhas companheiras de equipe. Eu estava muito focada no jogo e parece que nada externo influenciou. Estávamos tão decididas a vencer como um time que nem reparei no meu desempenho individual." Com muita emoção a cada round vencido, a final foi marcada por gritos de comemoração do começo ao fim. Lucía “Luli” falou sobre a rivalidade entre a W7M e a Black Dragons. "Ter rivais como a BD, quando os dois times procuram constantemente ser melhores, evita que a gente se acomode. É uma rivalidade que além de necessária, faz com que o circuito feminino cresça ano após ano." Um torneio histórico para o cenário feminino A Brava Cup foi a maior novidade para o cenário competitivo feminino de Rainbow Six no Brasil em 2023. Reunindo as oito melhores equipes do Circuito Feminino em um formato de mata-mata, a competição abriu caminho para uma nova fase do cenário com a final em formato presencial. O campeonato, que contou com uma premiação total de 10 mil dólares, enfatizou o compromisso contínuo da Ubisoft em fomentar o crescimento e o desenvolvimento do cenário feminino de esports.

Sobre a Ubisoft A Ubisoft é uma desenvolvedora de universos dedicada a enriquecer a vida de jogadores com experiências de entretenimento originais e memoráveis. Os times da Ubisoft espalhados por estúdios e escritórios comerciais em todo o mundo trabalham para criar e desenvolver um portfólio imersivo e diversificado de games, com marcas como Assassin's Creed®, Brawlhalla®, For Honor®, Far Cry®, Tom Clancy's Ghost Recon®, Just Dance®, Rabbids, Tom Clancy's Rainbow Six® , The Crew®, Tom Clancy’s The Division® e Watch Dogs®. Por meio do Ubisoft Connect, os jogadores podem desfrutar de um ecossistema de serviços para aprimorar sua experiência de jogo, obter recompensas e se conectar com amigos em várias plataformas. Com o serviço de assinatura Ubisoft +, os usuários têm acesso a um catálogo crescente com mais de cem jogos e DLCs da Ubisoft. No ano fiscal de 2022-23, a Ubisoft registrou vendas globais de € 1,73 bilhão.


fonte: Drone Comunicação

2 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page