top of page
  • Foto do escritorBeca Tonello

Final da IGNIS Cup estreia celebração da Riot Games ao mês do Orgulho LGBTQIA+

Durante o mês de junho, a Arena CBLOL está customizada com iluminação nas cores características do movimento; outras ações acontecem durante o 2º semestre.

Final da IGNIS Cup estreia celebração da Riot Games ao mês do Orgulho LGBTQIA+

Nesta sexta-feira (9) a Arena CBLOL recebeu a Grande FINAL da Primeira Etapa da IGNIS Cup, que promove o cenário competitivo inclusivo de League of Legends. As equipes paiN Gaming e Coven se enfrentaram para ver quem seria a campeã do torneio e a Coven levou a melhor com um placar de 3 a 1. O jogo da final foi presencial diretamente dos estúdios da Riot Games e contou com o público para torcer e apoiar as atletas na decisão.

Final da IGNIS Cup estreia celebração da Riot Games ao mês do Orgulho LGBTQIA+

Quem esteve presente na Arena CBLOL viu um ambiente bem diferente de como é normalmente, já que a Riot Games trouxe um visual especial, por conta do mês do Orgulho LGBTQIA+. Além da iluminação personalizada, com cores que remetem ao mês temático, os convidados puderam celebrar o movimento com copos de LOL característicos com as cores do símbolo LGBTQIA+, que reforçam a mensagem de que o cenário gamer tem como um de seus pilares a diversidade e inclusão. As ativações no local permanecem até o fim deste mês e fazem parte da campanha da Riot Games Brasil em celebração ao mês do Orgulho LGBTQIA+, que contará também com diversas outras ações até o fim do ano.

Dentro do League também terá comemoração relacionada à data! A comunidade poderá desfrutar de emotes personalizados dos campeões de Runeterra, que em breve serão disponibilizados também para compartilhamento em alguns aplicativos de mensagens e redes sociais.

A Riot Games celebra o mês do Orgulho no mundo todo, e amplificar a presença e voz da comunidade LGBTQIA+ está entre os pilares de sustentação da Riot Games, seja no cenário competitivo, dando destaque para os talentos que fazem parte do cenário inclusivo e criando cada vez mais oportunidades de crescerem em suas carreiras; no desenvolvimento do conteúdo dentro dos jogos, com a criação de personagens que trazem identificação para o público, independentemente de seu gênero; e também no ambiente de trabalho junto aos seus colaboradores, com aumento em 2022 do número de minorias sub-representadas em cargos de gestão e de liderança, bem como na Riot como um todo, globalmente, como divulgado no último Relatório Anual de Impacto.

Sobre a Riot Games

A Riot Games foi fundada em 2006 para desenvolver, publicar e dar suporte aos jogos mais focados em jogadores do mundo. Em 2009, a Riot Games lançou seu título de estreia, League of Legends, para aclamação mundial. League passou a ser o jogo para PC mais jogado no mundo e um dos principais impulsionadores do crescimento explosivo dos Esports. Com League em sua segunda década, a Riot Games continua a evoluir o jogo enquanto oferece novas experiências aos jogadores com Teamfight Tactics, Legends of Runeterra, VALORANT, League of Legends: Wild Rift, Riot Forge e vários títulos em andamento. A Riot também está expandindo o mundo de Runeterra por meio de projetos multimídia em música, histórias em quadrinhos, jogos de tabuleiro e Arcane, sua série animada vencedora do Emmy. Fundada por Brandon Beck e Marc Merrill e liderada pelo CEO Nicolo Laurent, a Riot Games está sediada em Los Angeles, Califórnia, e tem mais de 3.000 Rioters em mais de 20 escritórios em todo o mundo.


fonte: InPress Porter Novelli

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page