top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Documentário “Crônica de Uma Cidade Partida”


Canal42 -  Documentário “Crônica de Uma Cidade Partida”

Chega aos cinemas no dia 11 de maio o documentário “Crônica de uma Cidade Partida”, dirigido por Ricardo Nauenberg, que aborda a questão da falta de política pública para habitação popular nas grandes cidades, o que acarreta um crescimento da violência e na deterioração da qualidade de vida da população de baixa renda. Narrado pela voz de quem sofre essas consequências, o filme é distribuído pela Elo Studios, em uma coprodução com a Globonews e a Globo filmes.


“O filme aborda um problema nacional, normalmente negligenciado por trazer à tona verdades inconvenientes”, diz Nauenberg.

Tendo como pano de fundo a história da Cruzada São Sebastião, um projeto exemplar criado na década de 1950 no Rio de Janeiro, que foi se deteriorando com o passar dos anos, o documentário reflete sobre as consequências da desordem urbana nas grandes metrópoles do país. No entanto, mais do que apontar problemas, Nauenberg pretende gerar uma reflexão, buscando soluções e fazendo um convite à reconstrução da cidade e da qualidade de vida de toda a sociedade.

“O aumento geométrico da criminalidade no Rio de Janeiro e em várias outras cidades da América Latina possui, como uma das causas, a falta de uma correta política de habitação popular. Sem a presença do Estado, o crime se instala dentro das favelas e prolifera sem freios. Ao negligenciar o planejamento urbano, a cidade é tomada pela desordem, que prejudica a todos”, afirma Nauenberg.

Ao longo de 84 minutos, o documentário traz depoimentos de dez personagens, sendo dois ex-traficantes locais (Jonathan e Dudu), um policial de elite que atua na área (Rômulo), duas ativistas comunitárias (Dona Vera e Valéria), dois professores esportivos, moradores da comunidade (Paulo Pereira e Sandro), um dono de barbearia local (Bruno), além do ex-secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e do jornalista André Trigueiro. Através dos depoimentos, vai se traçando a história da Cruzada São Sebastião, como ela surgiu, como um projeto exemplar, cresceu, se organizou e se desorganizou ao longo dos anos, exatamente como aconteceu em outras comunidades.

“No bairro do Leblon, a parte mais chique da cidade do Rio de Janeiro, foi construído um conjunto habitacional para pessoas de baixa renda: a Cruzada São Sebastião. São dois corpos que não se misturam, é um quarteirão dentro da cidade, que segrega e é segregado, misturando o tráfico de drogas com trabalhadores honestos obrigados a se sujeitar às leis locais. A Cruzada é um microcosmo do que aconteceu na cidade: um admirável projeto de integração social transformou-se em um quarteirão segregado. De quem é a culpa?”, questiona Nauenberg.

O documentário aponta como a política de habitação popular poderia solucionar importantes questões de educação, segurança, cidadania e dignidade, não só no Rio de Janeiro, mas em diversas cidades brasileiras.

TRAILER:

Serviço:


Documentário “Crônica de uma cidade partida”, de Ricardo Nauenberg

Lançamento nos cinemas: 11 de maio de 2023

Ficha técnica:


Direção: Ricardo Nauenberg

Direção Executiva: Anna Caldas

Assistente Executiva: Sheila Magalhães

Assistente de Produção: Waggner Silva

Roteiro: Ricardo Nauenberg

Fotografia: Ricardo Nauenberg, Marcos Salamonde, Arthur Sherman, Ricardo Joppert

Edição: Ricardo Nauenberg

Mixagem: Rodrigo Noronha, Gustavo Loureiro, studio Lagoa Acústico

Mixagem adicional: Lucas Ariel

Produção: Indústria Imaginária

Coprodução: Globo Filmes e GloboNews

Distribuição: Elo Studios

Duração: 84 minutos

Classificação: 16 anos

SOBRE O DIRETOR

Ricardo Nauenberg é artista multimídia, com atuações no cinema, videoarte, instalações e fotografia. Ex-diretor da Rede Globo, onde trabalhou inicialmente como Diretor de Programas e Diretor de Arte por 12 anos, recebeu diversos prêmios internacionais nos Festivais de Nova York e no Projeto Leonardo em Milão. No mesmo período fundou sua produtora, a Indústria Imaginária, com a qual produziu e dirigiu filmes longas-metragens, séries de TV, documentários, além de ter desenhado exposições de arte e publicado livros de fotografia. Produz para os principais canais a cabo e streaming e para plataformas de webtv.

SOBRE A ELO STUDIOS

ELO STUDIOS é um estúdio audiovisual que desenvolve, produz, e comercializa narrativas brasileiras em múltiplas plataformas e países. Especializada em inovação e entretenimento de impacto, desde 2005 distribuiu mais de 500 títulos incluindo filmes de mais de 1 milhão de espectadores no Brasil à premiados internacionalmente (indicação ao Oscar como O Menino e o Mundo) e distribuídos em mais de 100 países.

Focada em conectar ideias, criadores e talentos, a ELO STUDIOS possui um forte line up de produções originais, além de desenvolver e produzir o conteúdo certo para cada mídia. Como resultado de significativo investimento e parcerias, a ELO STUDIOS está trabalhando em 20 produções próprias para os próximos três anos, sendo nove delas já confirmadas com parceiros.

A ELO STUDIOS lançou em 2022 o filme “Medida Provisória”, de Lázaro Ramos, sendo o maior sucesso nacional do ano, em número de semanas em cartaz, e segundo em público. A empresa também é responsável pela incubadora de projetos com diretoras - SELO ELAS - e outras iniciativas que valorizam a diversidade de estórias na frente e atrás das telas.

Em 2023 irá distribuir mais de 14 lançamentos nos cinemas, incluindo “Depois da Saideira”, (comédia estrelada por Thati Lopes e produzida pela Glaz), “De Repente Miss” (co-distribuição ELO STUDIOS e Sony Pictures, com Fabiana Karla e Giulia Benite no elenco), “Madame Durocher” (com Mateus Solano, e as premiadas Marie-Josée Croze e Sandra Corveloni), e “Viva a Vida” (dirigido por Cris D'amato em Israel, e estrelado por Thati Lopes e Rodrigo Simas).

Fundada há 17 anos por Sabrina N Wagon, Ruben Feffer e Flávia Feffer, a ELO STUDIOS pretende inovar a cada ano, e levar diversas produções nacionais a um número cada vez maior de pessoas, tanto no Brasil, como no mundo.


Fonte: Midiarte Comunicação

16 visualizações0 comentário

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page