top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Curta-metragem brasileiro, é selecionado para 76º Festival de Cannes


Canal 42  - Curta-metragem brasileiro, é selecionado para 76º Festival de Cannes

“Solos”, curta-metragem de São Paulo, terá sua estreia mundial na mostra "La Cinef", parte do Festival de Cannes, que ocorre de 16 a 27 de maio em Cannes, França. O curta foi o filme de conclusão de curso de alunos da FAAP e a La Cinef é uma seção de Cannes voltada para filmes universitários, esse ano o filme é o único filme latino na competição da mostra La Cinef. O filme se junta a outros 5 filmes brasileiros que farão parte do 76º Festival de Cannes.

Canal 42 - Curta-metragem brasileiro, é selecionado para 76º Festival de Cannes

Solos conta a história de Leonardo, um jovem pedreiro que passa a escutar um estranho som vindo do chão na obra em que está trabalhando. O filme passa por temas como a expansão desenfreada do mercado imobiliário e a ligação desse fato com o apagamento das nossas memórias ancestrais e originárias.

O curta-metragem, escrito e dirigido pelo paulista Pedro Vargas, de 25 anos, foi produzido durante a pandemia e contou com uma filmagem cercada de precauções e cuidados. A temporalidade do filme ficou registrada nas máscaras usadas pelos personagens, mas sem transformar a COVID-19 no tema principal do filme.


Trailer:

SINOPSE

Em um canteiro de obras da cidade de São Paulo, Leonardo, um jovem pedreiro, começa a escutar um estranho som que vem do solo da obra em que trabalha.


Canal 42 - Curta-metragem brasileiro, é selecionado para 76º Festival de Cannes

FICHA TÉCNICA


Ator: Jorge Neto

Direção e roteiro: Pedro Vargas

Produção: Nathalya Macchia

Montagem: Marina Kosa

Direção de fotografia: Raffaella Rosset

Direção de som e Trilha Sonora: Igor Yamawaki

Assistente de Direção: Miguel Monori

Direção de Arte: Paula Soares e Giulia Zanini


PEDRO VARGAS| Diretor e roteirista

Canal 42 - Curta-metragem brasileiro, é selecionado para 76º Festival de Cannes

Pedro Vargas é um jovem cineasta brasileiro nascido e criado em Cotia, no estado de São Paulo. É recém-formado em Cinema pela FAAP. Durante seu período universitário, organizou uma mostra independente de cinema chamada "Sessões de Cinema". Seu primeiro curta-metragem, "Estação-Senhora", estreou no festival "Metrô -- Festival do Cinema Universitário Brasileiro", enquanto seu segundo curta, "Solos", foi selecionado para a Mostra La Cinef do 76º Festival de Cannes, em 2023. Além da direção, Pedro também trabalha como assistente de direção, tendo atuado em grandes produções como "Aruanas", de Estela Renner, "Barba Ensopada de Sangue", de Aly Muritiba e "Marcelo Marmelo Martelo", de Duda Vasmen, essas últimas duas ainda na fase de pós-produção.

Atualmente, Pedro está se dedicando ao desenvolvimento de seu primeiro longa-metragem, "Tubarão de Guaratuba", e captando recursos para seu próximo curta-metragem, "Peixes", produzido pela Ladaia filmes.


Fonte: FT Estratégias

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page