top of page
  • Foto do escritorJu Puccia

Brasil cresce em e-Sports, mas deve investir em segurança

Especialista em verificação de identidade e prevenção à lavagem de dinheiro diz que questões de segurança se tornam críticas na medida em que o país ganha destaque internacional


canal 42 press pagina

O mercado de e-Sports vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, impulsionado principalmente pela proliferação de smartphones e a crescente popularidade dos jogos para dispositivos móveis. Segundo dados recentes, o Brasil se destaca como um dos mercados mais promissores para e-Sports no mundo, atraindo gigantes do setor como Garena e Riot Games, que já têm operações bem estabelecidas na região.

De acordo com o Sigma Americas, evento de igaming que acontece entre 14 e 18 de junho em São Paulo, 80% dos jovens brasileiros são entusiastas de jogos; 50% assistem a conteúdo de videogames e 25% assistem ou participam do universo de e-Sports -- fazendo com que o país ocupe a 10ª posição em todo mundo. Estima-se que os entusiastas dos e-Sports no Brasil passem mais de 20 horas por semana jogando. Um terço deles gasta dinheiro em moeda virtual e as mulheres representam 60% do público.

A receita no mercado brasileiro de e-Sports deve atingir US$ 16,03 milhões em 2023, mantendo uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 7,75% até 2027. Embora os jogos para dispositivos móveis estejam ultrapassando as variantes para PC e console, os títulos de e-Sports para PC ainda são mais lucrativos. Este ano, a entrada de novos usuários no mercado de e-Sports deve aumentar em 8,2%. No Brasil, a previsão é de que o número de participantes de e-Sports atinja 25 milhões até 2027.

Em 2022, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria o marco legal da indústria dos jogos eletrônicos -- que ainda vai ser analisada pelo Senado Federal. A medida visa estimular a indústria de jogos eletrônicos no Brasil ao reduzir a tributação sobre os produtos e ainda regulamenta a fabricação, importação, comercialização e o desenvolvimento dos jogos eletrônicos. A prestação de serviços de entretenimento também será regulamentada, sendo livre a promoção de disputas envolvendo os usuários dos jogos eletrônicos e dos jogos de fantasia com a distribuição de prêmios. O problema é que, por movimentar bilhões de dólares por ano, essa indústria é um dos principais alvos de fraudes -- motivadas pelo sistema de pagamento online.

Segundo o Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa Experian, os brasileiros sofreram 284.198 mil tentativas de fraude de identidade em janeiro de 2023, o que significa que a cada nove segundos um brasileiro é vítima dos fraudadores. Em comparação ao mesmo mês do ano passado, houve queda de 24,2% -- sinal de que as empresas têm investido em segurança. Com o crescimento vertiginoso do mercado de e-Sports, a importância da verificação de identidade e a prevenção de fraudes se tornam cada vez mais essenciais, já que a integridade dos torneios e a segurança dos jogadores são fundamentais para o sucesso do setor.

Recentemente, a Sigma Eurásia 2023 premiou a Sumsub como o SaaS (Software como serviço) do ano em igaming. A plataforma de verificação que protege cada etapa da jornada do usuário foi reconhecida por suas soluções personalizáveis de KYC (conheça-seu-cliente), KYB (conheça-seu-negócio), PLD (prevenção à lavagem de dinheiro), monitoramento de transações e prevenção de fraude, possibilitando orquestrar o processo de verificação, receber clientes em todo o mundo, atender aos requisitos de conformidade, reduzir custos e proteger os negócios. Em parceria com a Casino Guru, a empresa lançou um curso online gratuito para que plataformas de jogos aprendam a integrar usuários dentro de requisitos KYC e PLD.

"À medida que o mercado de e-Sports cresce, as questões de segurança e a verificação de identidade se tornam críticas. É importante garantir que os jogadores sejam quem dizem ser e proteger os interesses dos patrocinadores, torneios e jogadores. A implementação de soluções de verificação de identidade eficazes ajuda a evitar fraudes e assegura a integridade desse segmento que ainda tem tanto a crescer”, diz Guilherme Terrengui, head de novos negócios da Sumsub no Brasil, América Latina e Ibéria.

Terrengui diz que as empresas que integram a indústria dos jogos eletrônicos têm acesso a algumas formas de endurecer o combate aos fraudadores. Uma delas é recorrer a tecnologias que permitem às empresas criar fluxos de trabalho de verificação de usuários adaptados a gatilhos e cenários de risco específicos. “Automatizar a verificação do usuário é simples. Tudo o que é exigido do cliente é configurar a lógica de verificação, que inclui a seleção de gatilhos como idade, sexo, país, dados KYC anteriores etc. Também é possível escolher as regras e ações apropriadas ao procedimento, tudo bastante customizado”.

O cenário brasileiro de e-Sports conta com equipes renomadas, como Furia, LOUD e MIBR, que têm incentivado a popularidade dos jogos no país. Além disso, o Brasil possui ligas estabelecidas na maioria dos principais títulos de e-Sports, como Rainbow Six, CS:GO, League of Legends, Wild Rift, Free Fire e Mobile Legends: Bang Bang.

Na opinião de Tony Petrov, diretor jurídico da Sumsub baseado no Brasil, é fundamental que as entidades governamentais e as associações de e-Sports trabalhem juntas para desenvolver estratégias eficazes de regulamentação e fiscalização do mercado, protegendo os interesses de jogadores, patrocinadores e investidores. Isso inclui a criação de leis específicas para o setor e a promoção de programas de educação e conscientização sobre a importância da segurança e da ética nos e-Sports.

“O mercado de e-Sports no Brasil possui um enorme potencial de crescimento, e a verificação de identidade e a prevenção de fraudes são aspectos fundamentais para garantir a segurança e a integridade desse segmento em expansão. Com a colaboração entre empresas, organizações e entidades governamentais, o Brasil pode se tornar uma referência global no mercado de e-Sports e continuar atraindo investimentos e talentos de todo o mundo”, afirma Petrov.


Fonte: Press Pagina

12 visualizações0 comentário
bottom of page