top of page
  • Foto do escritorRicardo Figaro

Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

Single, entre o hardcore/punk e o melódico, é mais um lançamento do power trio junto ao selo Repetente Records


Canal 42 - Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

A Anônimos Anômimos, trio paulistano que está desde o início no cast da Repetente Records, acaba de lançar o single ‘Feliz dia das Mães’, uma música pesada e ácida, um anti-hino sobre exclusão.


A Repetente Records, que recém-completou um ano de atividades, é o selo criado por três músicos do CPM 22, Badauí, Phil Fargnoli e Ali Zaher Jr, junto - desde o início de 2023 - ao diretor artístico Rick Lion.


O single, já nas plataformas digitais, é o primeiro lançamento após o EP Baita Astral, que marcou a estreia do AA em 2023 na cena alternativa, junto à Repetente Records.



Canal 42 - Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

‘Feliz Dia das Mães’, single especialmente para o Dia das Mães, é também a primeira amostra do que a Anônimos Anômimos trará no primero full álbum, que será gravado e lançado ainda este ano.


A canção é uma crítica extremamente ácida e irônica sobre a exclusão e julgamentos impostos a muitas mães na sociedade, principalmente as “mães solo”. Um hardcore pesado, incômodo e direto, com pouco mais de um minuto de duração.


“O papel da mãe é muito venerado no discurso, mas na prática o que vemos é outra história. A figura que todos amam é a da mãe velhinha, em casa, sob controle, mas a mãe jovem e livre é o tempo todo questionada, preterida e excluída. Preconceito no mercado de trabalho na hora de ser contratada e cumprir sua rotina. Julgamento na vida social quando mantém sua personalidade, sai e se diverte como qualquer outra pessoa. Julgamento estético e cobrança por padrões irreais de corpo e juventude. Exclusão de convites e lugares onde abertamente declaram que não querem crianças por perto. Essa música é totalmente inspirada no relato real de mães amigas nossas e suas vivências.” Assim descreve a canção o vocalista e compositor, Flávio Particelli.


Para a capa do single, a banda convidou a artista (e mãe) Cláudia Gonçalves, que se destaca por seu trabalho com foco em pintura digital, em tela e ilustrações, sempre com um pé no ativismo e universo musical. Cláudia encontrou no retrato de uma mãe negra amamentando seu filho a representação perfeita de toda a vulnerabilidade e força das mães, seja como alvo da sociedade ou como poder de transformação.


Um lyric vídeo da música será lançado ainda em maio.


EP Baita Astral

Canal 42 - Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

A Anônimos destaque a gravação do primeiro EP os fizeram identificar características que dessem uma identidade como banda.


"Junto a isso, passada a pandemia, a banda firmou um ritmo de ensaio e produção constante que trouxe maior entrosamento e tornou o processo de composição mais coletivo e trabalhado", lembram.


Baita Astral, de 2022, traz cinco músicas que transitam entre o punk e o melódico, com uma sonoridade aberta, dinâmica e contemporânea.



Selo Repetente Records


Canal 42 - Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

A Repetente Records, criada por três músicos da banda CPM22, Badauí, Phil Fargnoli e Ali Zaher, surgiu em 2022 para fortalecer o rock/punk rock em parceria com uma das maiores distribuidoras de música digital do mundo, a inglesa Ditto Music, além de assessoria de imprensa da Tedesco Mídia.



No início de 2023, o selo anunciou Rick Lion como diretor artístico.

Canal 42 - Anônimos Anônimos lança anti-hino sobre exclusão

O nome tem tudo a ver com perseverança e persistência na música. Repetente tem a ver com a rebeldia contra padrões. Na escola, muitas vezes o aluno “repetente” é aquele que não se encaixa nos moldes, mas eventualmente encontra na música uma forma de vencer na vida.


Ele repete não por incapacidade, mas por não ligar, não se interessar pelas mesmas coisas ou por estar enfrentando problemas maiores e mais urgentes fora da escola. Em vez de copiar a lousa, ele está sempre criando - fazendo desenhos, escrevendo rimas, bolando planos, fantasias impossíveis, se divertindo com uma realidade menos careta e injusta.


Fazem parte do selo as bandas Anônimos Anônimos, Fibonattis, Faca Preta, Escombro, Magüerbes e Statues on Fire.


fonte: Tedesco Mídia

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等
bottom of page