top of page
  • Foto do escritorBeca Tonello

Abragames faz mapeamento de estúdios brasileiros para a 2ª Pesquisa Nacional da Indústria de Games


Desenvolvedores de jogos de todo o Brasil estão convidados a participar do estudo que vai traçar um panorama atualizado da indústria brasileira de games; iniciativa conta com o apoio da ApexBrasil e inclui uma campanha promocional que dará quatro credenciais VIP do BIG Festival entre os estúdios que responderam à pesquisa.


A Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais) anuncia, em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos), o mapeamento dos estúdios de desenvolvimento de games do país para a elaboração da 2ª Pesquisa Nacional da Indústria de Games. Desenvolvedores e estúdios de todo o território nacional estão convidados a participar da iniciativa e já podem acessar o formulário on-line para enviar suas informações e/ou de suas empresas. A primeira edição da pesquisa, realizada em 2022, nos ajudou a dimensionar a indústria brasileira de desenvolvimento de jogos, que cresce a cada ano e já conta com mais de mil empresas. Saber a quantidade de estúdios espalhados pelo país, onde estão localizados, quantos funcionários empregam, entre outros dados, é fundamental para identificar suas necessidades e as melhores medidas para auxiliar em seus crescimentos”, disse Rodrigo Terra, presidente da Abragames. “Pedimos a todos os estúdios que participem e façam parte desse estudo tão importante para a nossa indústria”. Além de ajudarem a dimensionar o tamanho da indústria de jogos eletrônicos e de serem contabilizados na maior pesquisa brasileira do setor, os estúdios poderão participar de uma campanha promocional que oferecerá quatro ingressos VIP para o BIG Festival 2023 – maior festival de games, criação, networking, e negócios da América Latina. Os nomes dos premiados serão revelados em 2 de maio e os estúdios participantes não precisam ser associado à Abragames para se inscrever. A primeira edição da pesquisa, publicada em 2022, concluiu que existem pelo menos 1.009 estúdios espalhados por todas as regiões do Brasil. O Sudeste concentra mais da metade dos desenvolvedores (57%), seguido do Sul (21%), Nordeste (14%), Centro-Oeste (6%) e Norte (3%). Além disso, 12.441 profissionais trabalham na indústria, sendo 29,8% mulheres.

Sobre a Abragames Criada em 2004 por um grupo de empresas de desenvolvimento, a Abragames, Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais, surgiu como uma entidade sem fins lucrativos e com o objetivo de fortalecer a indústria nacional de desenvolvimento de jogos. A missão da Abragames é coordenar, fortalecer e promover a indústria brasileira de jogos digitais através da representação e interlocução do ecossistema nacional e internacional, construindo um entendimento de todos os elementos de nossa cadeia de valor, bem como a promoção de eventos e parcerias que tragam ao estado da arte o desenvolvimento da indústria de jogos no Brasil. Sobre o Brazil Games O Projeto Setorial de Exportação Brazil Games é um programa sem fins lucrativos, criado pela Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais) em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), com o objetivo de fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, capacitando e criando novas oportunidades de negócios para as empresas brasileiras no mercado internacional. Sobre a ApexBrasil A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira.


fonte: Drone Comunicação

4 visualizações0 comentário
bottom of page